CNJ e Arisp – convênio histórico

gilmarmendesUm acordo de cooperação técnica firmado entre o Conselho Nacional de Justiça e a Associação de Registradores Imobiliários do Estado de São Paulo (Arisp), por seus presidentes, o Ministro Gilmar Mendes e Flauzilino Araújo dos Santos, visa a implantar um modelo aprimorado de prestação de serviços notariais e registrais no Estado do Piauí.

A idéia é expandir o modelo, bastante desenvolvido e aperfeiçoado em Estados como São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro etc. para outros estados da Federação.

Cerca de que 100 delegados de notas e registros formados inicialmente por representantes de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo vão reorganizar o serviço extrajudicial no Piauí.

Segundo o juiz auxiliar da presidência do CNJ, Marcelo Martins Berthe, a delegação vai atuar nas 98 comarcas para informatizar os cartórios e fornecerem capacitação aos funcionários. “Pretendemos implantar um modelo para ser levado a outros estados”, disse.

O juiz afirmou que os serviços cartoriais no Piauí são fornecidos de maneira precária. Segundo o juiz, há problemas estruturais que vão desde a organização administrativa quanto à inexistência de material adequado como tabelas de preços e livros de caixa. “Os cartórios são um braço do Judiciário e é fundamental que funcionem bem”, constata.

Com informações da Assessoria de Imprensa do Conselho Nacional de Justiça.

CNJ e ARISP - convênio histórico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s